sábado, 30 de julho de 2016

MENTES LIVRES PARA AMAR - FRANCIS PEROT


Mentes livres para amar


Uma deusa vestida tão somente da luz prateada do luar
Parou o transito de minha vida ao encontrar-me por ai
Selou o destino que um dia foi traçado para eu seguir
E hoje vive aqui ao meu lado, o meu caminho a iluminar...

O destino que desejamos pode ser pelo o amor mudado
Depende de cada um de nós se encontrarmos por ai
A luz a qual me cerca a sua magia trouxe novidades
No mar das incertezas pelos teus encantos fui resgatado...

Batizado pelas águas deste rio o mar do meu coração
Que quase salta pela boca nesta incansável cavalgada
Sons que arrepiam até a alma aquecem as frias noites
Aquietando o intenso desejo e acalmando esse vulcão...

Mas não demora acender a luz das quentes fantasias
Então nossos corpos se enroscam e se enlaçam como?
As nossas mentes, livremente mostram os caminhos
Onde mora o prazer que nos envolvem em noites frias...

Aquecido pelos teus doces beijos os meus lábios se abrem
Num louvor ao grande mar que circunda essa pouca terra
Mas o coração se torna gigante maior que qualquer fera
Tal impulso natural, animal que nossas fantasias dispuserem...


Francis Perot