sábado, 4 de junho de 2016

DOCE DELIRIO - FRANCIS PEROT


Doce delírio


Teu corpo sente as caricias dos toques
Sua pele arrepia-se toda, neste momento
Corpo, alma e espírito em comprimento
Que embala o nosso amor de cada dia...

Entrelaces-nos os gostosos e quentes abraços
Nas verbalizações dos murmúrios que provocam
O êxtase do gozo vale os carinhos que trocam
Roçando os lábios da paixão em nossas bocas...

Passeia minhas mãos por teu belo corpo
Nas curvas onduladas me perco e apronto
Teu corpo nu conhece este delicioso ponto
No qual me perco entre desejos da cobiça...


Francis Perot

16 comentários:

  1. no entiendo mucho tu idioma
    aún así tu poema es intenso y muy sensual

    Cariños; Ino

    ResponderExcluir
  2. lindo, belo e ardente... amei o poema
    Abraço
    Belo dia

    ResponderExcluir
  3. Um poema muito sensual.
    Os meus cumprimentos.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  4. Um poema belo e sensual. Adorei !
    Abraço e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  5. O amor é uma porta aberta pra viver as carícias que o amor pode proporcionar, vale quando há o amor, parabéns pelos belos versos nesse sensual...beijos, te amo..

    ResponderExcluir
  6. Magnífico Poema pleno de sensualidad y desbordante Pasión.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Belo poema repleto de sensualidade e calor!
    Realmente um Doce Delírio!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Um belo poema, conjugando sensualidade e inspiração, num mix perfeito!
    Abraço! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  9. Um escrito onde os delírios não escasseiam.

    Dias felizes.

    ResponderExcluir
  10. Um poema que eu não conhecia, pleno de sensualidade.
    Agradecendo a visita em meu blog, desejo um resto de semana tranquilo.

    ResponderExcluir
  11. Romântica e erótica são seus versos. A combinação de dois corpos se unirem para amar uns aos outros, sem condição.
    lembranças

    ResponderExcluir
  12. Lindo poema cheio de paixão e sensualidade
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  13. De los mejores poemas que he leido en loa al cuerpo de una mujer. Combinación sensualidad y fino erotismo. Un abrazo. Carlos

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot