sexta-feira, 1 de abril de 2016

A FEBRE DO MEU CORPO - FRANCIS PEROT



A febre do meu corpo
não se resolve com palavras;
Preciso do teu corpo
no meu...


Francis Perot

10 comentários:

  1. Pois é à coisas que não se resolvem com palavras.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  2. E assim é. Decorrência natural da paixão e do desejo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo
    Aguardo você
    lá no
    Espelhando, viu?
    Catiaho Alc.
    Bjins

    ResponderExcluir
  4. Como sempre, intenso e quente.
    Quer coisa mais gostosa do que teu corpo no meu??
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Belo, curto e incisivo.
    A febre de um corpo precisa da febre de outro corpo.
    Parabéns!
    xx

    ResponderExcluir
  6. Belo, curto e incisivo.
    A febre de um corpo precisa da febre de outro corpo.
    Parabéns!
    xx

    ResponderExcluir
  7. Lindo e verdadeiro, sempre proclamo o amor verdadeiro, esse existindo tudo é flamejante e intenso e só se satisfaz quando a entrega é total...amei...

    ResponderExcluir
  8. Palavras para quê?... Quando o amor fala mais alto...
    Belíssimo, Francisco!
    Abraço
    Ana

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot