quarta-feira, 2 de março de 2016

CURVAS DO AMOR - FRANCIS PEROT


Curvas do amor


Escrever as curvas
que me enlouquece
perco-me em afagos
e caricias.
Teu cheiro
em mim permanece
embriagando-me o ser
O coração,
a minha razão desobedece
diante de arredondadas
e nuas curvas
que me faz vibrar.
Sua encantadora pele
aveludada feita uma
pétala de rosa,
me enlouquece.
Mulher paixão,
sem razão
sou todo teu.
Preso aos seus encantados beijos
e perdido na gostosa sensação
de possuir o teu corpo
todos os dias
sigo te amando...


Francis Perot

5 comentários:

  1. O amor não conhece fronteiras, quando verdadeiro sempre quer mais momentos que ficam na lembrança e o coração não esquece...lindo versejar meu poeta...amei...te amo

    ResponderExcluir
  2. O cheio é sempre o inicio do fim. Cheirar bem é afrodisíaco tanto corporalmente como mentalmente.
    .
    Feliz fim de semana
    Deixo cumprimentos

    ResponderExcluir
  3. Palavras e imagem, em pura harmonia!
    Gostei imenso! Abraço!
    Ana

    ResponderExcluir
  4. Hoje um dia muito especial
    para todas as mulheres.
    Hoje um dia em que podemos
    dizer sem medo de errar.
    Somos mulheres ..
    Somos todas iguais e única
    ao mesmo tempo.
    Deus abençoe pelo seu dia minha
    amiga querida.
    Deus abençoe nosso Dia.
    Deixei mimos na postagem
    se gostar fique a vontade
    para levar ofereço com carinho.
    Um beijo carinhoso.
    Evanir.

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot