domingo, 9 de agosto de 2015

SENSUALISMO - FRANCIS PEROT

Sensualismo
                      

No império dos sentidos,
Busco os desejos pessoais
Sem me afastar do amor
E também dos ideais
E na loucura do pensamento
Entrego-te e quero-te muito mais...

Aqui a única regra doutrinária
Identifica-se com o agradável
Na planície horizontal do leito
Só a cama não é inflamável
Até o silêncio de faz quente
No horizonte recomendável...


Francis Perot