domingo, 30 de agosto de 2015

EM NOSSA CAMA - FRANCIS PEROT



EM NOSSA CAMA


Hoje amanheci respirando amor
O seu cheiro impregnava a cama
E meu corpo já refeito te chama
Mais uma vez vamos nos amar
Assim o meu corpo encontra o seu
Aos doces beijos tu e eu
Cantam os sinos do prazer...

Excitante sensibilidade do amor
O fogo ardente à flor abre
Sem inocência reabre
Num delicioso ato de cor
E vamos nós em busca do tesouro
Que todos procuram mais que ouro
Enquanto em nossa cama tu gemes de desejos...


Francis Perot


domingo, 9 de agosto de 2015

SENSUALISMO - FRANCIS PEROT

Sensualismo
                      

No império dos sentidos,
Busco os desejos pessoais
Sem me afastar do amor
E também dos ideais
E na loucura do pensamento
Entrego-te e quero-te muito mais...

Aqui a única regra doutrinária
Identifica-se com o agradável
Na planície horizontal do leito
Só a cama não é inflamável
Até o silêncio de faz quente
No horizonte recomendável...


Francis Perot