sexta-feira, 27 de setembro de 2013

BUD: O Yorkshire malandro (CORDEL)


BUD: O Yorkshire malandro

1
Quero contar uma história
De um cachorro orgulhoso
Atrevido e encrenqueiro
E também muito vaidoso
Mas falando de comida
O bicho é bastante guloso...

2
Bud aos dezessete anos
Está vendendo saúde
Ele só quer comer carne
A razão de sua juventude
E continua aprontando
Esbanjando muita virtude...

6
Para falar a verdade
Das façanhas deste animal
Que já rendeu preocupação
Uma delas deu até hospital
Uma Pitbull o quase matou
Com uma mordida mortal...

7
Bud teve o seu coração
Arrancado numa mordida
Ficando estendido ao chão
Ele estava quase sem vida
Tiveram que reanima-lo
Assim curaram a sua ferida...

8
Depois que o bicho sarou
Tratou logo em se vingar
Num descuido de sua dona
Partiu para a Pitbull atacar
Rolaram no chão as duas feras
Querendo uma a outra matar...

15
Um recado aos donos de cães
Nunca os deixem na velhice
Isso demonstra falta de caráter
Respeito e sem-vergonhice
Pessoas que fazem tais coisas
São amigos ainda da cretinice...

16
Bud é um velhinho safado
E não esquece um segundo
De comer carne e aprontar
Nisso ele ainda vai fundo
Nas bagunças e safadices
Das quais ele é oriundo...


Francis Perot

3 comentários:

  1. Parabéns pelo cordel, ficou linda a capa, o escrito muito bom, parabéns amei...beijos meus...

    ResponderExcluir
  2. Francis,
    Sou grato pela visita e felicitações.
    Feliz fim de semana para você.

    ResponderExcluir
  3. Achei o cordel uma graça e homenageando
    esse cachorrinho fofo.. elogios pra vc que com
    graça e sabedoria faz tudo de bom bjusss de boa
    tarde!!!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot