terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Meu Coração e Eu - Francis Perot


Meu coração e Eu


Não me fiz covarde quando precisei
falar a verdade ao meu coração...
Então ele me disse:
Sei que conheces
As circunstâncias atuais
Da nossa vida.
O amor,
A dor,
A tristeza,
E a alegria.
E quando tu
Não fala mais nada
Eu continuo ouvindo
A voz de sua razão.
No entanto:
A minha função primordial,
Além de bombear sangue
Ao teu corpo
É amar...
Então não me venhas pedir
Pra esquecer um grande amor
Que segundo a sua razão
Julgas ser o responsável
Pela tua dor
Quando na verdade
O problema é teu...


Poeta Francis Perot




9 comentários:

  1. Amar ou não amar, o importante é que seja recíproco e que ambos possam se entregar no corpo e na alma...linda poesia meu poeta...lindo trabalho...parabéns...te amo

    ResponderExcluir
  2. Lindo aqui, muita emoção e
    poesia.
    Volto com certeza.
    Bjins
    Catiaho Reflexo d'Alma

    ResponderExcluir
  3. Maravilloso diálogo de este herido corazón.
    Bellísima Poesía.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  4. Realmente...o problema é teu!!!!

    ResponderExcluir


  5. Me gustaría ser una gota de lluvia,
    Para nacer al borde de unos ojos bellos
    derramarme por la luz de las mejillas
    y romperme en la silueta de los labios,
    para iluminarte con una sonrisa cada mañana.

    ¡¡Un feliz y radiante fin de semana te deseo!!

    Atte.
    María Del Carmen


    ResponderExcluir
  6. Agradeço aos belos comentários aqui. Uma feliz tarde a todos

    ResponderExcluir
  7. O Amor é pertilha e harmonia. Se algo fica incompleto, não há Amor verdadeiro nem verdadeira Paixão.
    Um bom Poema.


    Abraços




    SOL

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot