quarta-feira, 17 de outubro de 2012

DOCE ENCANTO


Doce encanto



Hoje quero invadir o seu mundo
Consumir os teus profanos desejos
E depois mergulhar no profundo
Da intimidade dos teus anseios...

Teu sexo flamejante enlouquece
A minha alma embriagada de ti
A tua boca a minha não esquece
Moça toma-me pra sempre em si...

Na busca desse amor que me apego
Nasce em ti quando te vejo o desejo
Em mim explode o tesão que entrego...

Entrego tudo, do amor ao cansaço
Sou teu e não quero mais ser meu
Pois só você invade o meu terraço...



Poeta Francis Perot