segunda-feira, 21 de maio de 2012

Sou o teu prazer II


Sou o teu prazer II


A doçura de sua
boca quente,
escorre no
meu ser
ardentes chamas,
que a minha
alma insana
não procura entender,
se é certo ou errado
esse nosso querer.
Enquanto você
me possui
em sua enorme
fome, sede
recebo os teus carinhos
com enorme prazer...


Poeta Francis Perot