terça-feira, 8 de maio de 2012

SONHO DE UMA MÃE



Sonho de uma mãe


Em seu diário!
De páginas já amareladas,
põe toda a tua esperança
em alcançar um sonho que espera...
Um amor!
Um lar.
Um filho.
Enfim
uma família...

Tu oh mãe...
Que só recebeu nesta lida.
Desilusões arremessada a vida.
Não permito que acabes sem dar fruto...
Que desejas...
De amor.
Num lar.
Com um filho.
E uma família...

Sabes por quê?
Porquê tu és nobre e forte.
É a mais pura e a mais bela.
De alma serena que espera ser feliz...
Com um amor!
Num lar.
Com um filho.
E enfim
uma família...

Mãe! Este é o bem,
que a você eu mais desejo...

O amor de mãe:
Não tem hora marcada...
Não é como rimas contrarias,
entre quais medeiam dois versos.
O amor de mãe:
Não pode ser diferente, ou indiferente
dentro de circunstância de momentos...
O amor de mãe:
Funde a vida
numa única direção.
Numa interpenetração de desejos
de sentimentos,
e de destino...


Poeta Francis Perot