domingo, 25 de março de 2012

Belos seios


Belos Seios


Meu coração
franco e sincero
no ardor da paixão
escreve poesia de amor
quando vê a sinuosidade
dos seus seios...
Neste momento
meus olhos falam
refletindo ao meu cérebro
a imagem das curvas
dos seios da mulher
dos meus sonhos.
O meu coração
oscila no peito.
Na mente
a fina malicia.
Segredos do amor.
Que quando os meus olhos
de fala sentida
vêem teus lindos seios
queima-me as faces
de tanto desejo.  
Neste momento
Meus lábios
emudece ao toque
do ardor da paixão
querendo-te fazer amor...


Poeta Francis Perot