terça-feira, 10 de julho de 2012

UMA FLOR QUE SENTE


Uma flor que sente


Sei o que é uma estrela
que entre as nuvens esconde.
Sei que é uma flor:
Que entre as flores passa.
Sei o que é uma pedra
Que entre as águas
dos rios se banham.
Sei quem sou
Sou poeta
Escrevo versos de uma flor
Cor morena e que sente dor
Quem ler os meus versos
Saberá que a flor sente calor
e morre de amor por mim...
Outros versos meus
falam de uma estrela
a qual fugiu do céu
para a terra
vive aqui entre nós
Foi plantada nas placas
de carne do meu coração.
Terra boa aonde
ninguém mete a mão
pois no meu coração mando eu
e os meus versos o seu perfume.
Sem pensar no que irão dizer
se sou louco
fraco,
ou doente
Pois falo do que
o coração sente
E que sentir
imaginar
e amar for loucura
e fraqueza doença
então os céus
tem que ser um hospital
Para tratar do mal
Que Deus chamou de amor...


Poeta Francis Perot


2 comentários:

  1. Ohhh Francis adorei o carinho. Vai me enviar mesmo? Ui to feliz rsrsrs. Bem so tenho meu e-mail mesmo é vinhasimoes@gmail.com Nossa obrigada viu, vou adorar postar seus textos e frases. Beijao.

    ResponderExcluir
  2. Gostei da poesia.

    Parabéns, Francis.

    Fica bem.

    Blog NOVO de Contos Eroticos: http://redfeatherlovetales.blogspot.com/

    Blog de Poesia: http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot