domingo, 1 de julho de 2012

SUA GRUTA MOLHADA II


Sua gruta molhada II


Ah meu amor!
Te quero agora.
Pois o nosso desejo
se coincidem...
Assim te quero
com os meus olhos
delineando tuas curvas!
Você vestida somente
numa lingerie transparente,
e úmida, de desejos.
Nossos carinhos
levou-nos ao limite
da ansiedade...
E neste momento
sua gruta molhada,
apertada,
e inundada
pelo meu esperma,
se entrega completamente
ao prazer...


Poeta Francis Perot

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot