sábado, 19 de maio de 2012

SOU O TEU PRAZER ( I )


Sou o teu prazer I


Minhas mãos macias
levo-as levemente
Passeando-as
pelo teu corpo
em direção a
sua boca quente...
Sou os teus
sonhos presentes,
que todas as noites
à deixa desabrigada
de tuas vestes íntimas...
Assim o teu corpo nu
se assanha em
obscenos atos que
me levam a loucura...


Poeta Francis Perot


3 comentários:

  1. Francis maravilha de poema sensual com um requinte de imagens.Bela criação!Belo blog! bjs de violetas

    ResponderExcluir
  2. Francis, retribuindo a visita deparei-me com teus poemas sensuais, destilam paixão e devoção pelo corpo da pessoa amada. Gostei muito, também das ilustrações.
    Um abraço fraterno.
    http://falandocomosmeusbotoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não seria a toa que a Valéria Cruz seguiria tão bem elaborado blog como o seu. Parabéns pelo bom gosto e pelo erotismo equilibrado

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot