domingo, 8 de abril de 2012

FLOR BORBOLETA




FLOR BORBOLETA


Flor bela! Abra a sua linda flor
Liberte a sua suavidade no ar
O seu perfume a me embriagar
Rima o contraste com o amor...

Bela e sensual como as flores
O fruto que sacia a minha fome
Rege agora as flores em botões
Beije-me e coma com os olhos
O doce fruto açucarado da terra
Libertando o desejo perseguido
Eterna deusa cantada na poesia
Terna borboleta que encantada
Aqueça o teu desejo todo dia...


Poeta Francis Perot

5 comentários:

  1. Gostei do verso "O doce fruto açucarado da terra". Bonito.
    Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  2. Precioso, querido Francis, un placer leerte.

    Abrazos gitanos

    ResponderExcluir
  3. Bellas palabras para una flor tan delicada.

    Un abrazo

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pela presença em meu blog, Francis! Parabéns pelo excelente espaço! Desejo-lhe sucesso e prosperidade! Um grande abraço!
    Nelson Souzza (seguidor 371)

    ResponderExcluir
  5. Olá poeta Francis, obrigada por sua visita em meu blog Efêmero,parabéns por seu espaço poético tão bem bem cuidado em versos inspiradores! Bjs poéticos e que os Deuses da poesia te inspirem sempre!
    Iatamyra Rocha

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot