segunda-feira, 16 de abril de 2012

Belos seios


Belos seios


Meu amor me deixa louco de desejo e tesão
São os seus seios quando roçam o meu peito
Encantadores seios que me deixam doidão
Em branda caricias deitados em nosso leito
Sua boca sedenta me bebe e come num todo...

Sem o auxilio total de vestes feito frutos maduros
Belos seios que me embriagam quando nu os vejo
Bicos rígidos aos toques pruridos de meus dedos
No fogo este amor é consumado e na cama festejo.
Nossos delírios, gemidos, corpos ardentes de prazer.

Teus seios são artes que me inspiram a escrever
Com ou sem rimas versos molhados com o gozo
Assim vou me perdendo nas curvas de seu corpo
Encontrando-me todos os dias pelo amanhecer.


Poeta Francis Perot


5 comentários:

  1. Bom dia, Francis. Para mim o poema ficou lindo, até mesmo porque eu acho que no corpo feminino, a criação mais linda de Deus foram os seios.
    Símbolo de maternidade, sensualidade, beleza, e prazer, não importando a orientação sexual.
    Um homem e uma mulher, fazem um complemento lindo, pois o roçar no peito do homem traduz para a mulher uma sensação de prazer e poder ao mesmo tempo!
    Um beijo na alma, e fique na paz!

    ResponderExcluir
  2. Essa poesia define o encontro do poeta com a mulher amada,nos delírios de suas emoções que explodem em seu amor pelo seu corpo,confundindo emoções, sentimentos que ardem em seus seios. fazendo crescer seu desejo...parabéns...

    ResponderExcluir
  3. .


    Seios, relevos, montanhas.
    Eu desde menino quis ser
    um alpinista. Do alto dos
    seios dela, meus Deus, que
    bela vista!

    silvioafonso





    .

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot