domingo, 5 de fevereiro de 2012

FERNANDO DE NORONHA QUE COISA FEIA


Que coisa feia Fernandinho


Que coisa feia
Fernandinho BEIRA-MAR
Infinitivamente desnecessário
sua posição política adotada,
emplacada
em relação às GARÇAS...
Sacrificá-las?
Ah! Seu cabra-da-peste
O seu projeto não prevê
maus tratos ou
 sofrimento aos animais.
Fernando de Noronha...
só sacrifica...  
Erradicadas garças
o seu abate indolor
que o Fernandinho preparou
é operado por profissionais,
que antes do seu abate,
vos sedam,
para só então
 eutanasiar
sua espécie sem dor...


Poeta Francis Perot



3 comentários:

  1. MUITO TRISTE ESSE ACONTECIMENTO EM FERNANDO DE NORONHA... JÁ IMAGINARAM O QUE ACONTECERIAM COM OUTRAS ESPÉCIES SE INVADISSEM LÁ... FIQUEI NA DÚVIDA QUEM É O VERDADEIRO LIXO QUE PROLIFERA ESSE LUGAR...

    ResponderExcluir
  2. As minhas saudações da França!
    Obrigado pela sua visita e seu comentário, eu agradeço!
    Depois de visitar seu blog, eu não poderia deixar de colocar um comentário.
    Quero parabenizá-lo em seu blog!
    bom dia
    cordialmente
    Chris
    http://sweetmelody87.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Boa noite!
    Eu não sou muito à frente hoje para visitar os meus blogs favoritos.
    Na verdade, "Chris está em um freezer agora!" pelo menos 15 ° durante a noite. o que mantém o frio não é?
    Agradeço-lhe por sua visita e especialmente para o seu comentário no meu primeiro post no Dia dos Namorados.
    Cada povo também que deixam um comentário a cada dia, haverá mensagens e imagens diferentes, vou acrescentar que para as minhas visitas.
    Espero que seu dia foi muito bom hoje.
    Desejo-lhe uma noite muito agradável
    beijos Chris

    Imagem de Valentine
    http://nsm07.casimages.com/img/2012/02/08/1202080107091250289410084.gif

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigado pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler e visitarei também cada um de vocês!

O amor é o estado propenso,
a afetos duradouros
e responsáveis...
Disposição do espírito que
induz uma pessoa a outra,
a dedicar através
do sentimento, carinho


Francis Perot