sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Um fogo ardente



Um fogo ardente 
toma conta de mim
quando te vejo
despida de pudor...
Um desejo
transparente,
alucinado,
e ciente
que não se acalma
dentro de meu ser...


Poeta Francis Perot