segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Claudinha Duarte e a poesia TRAGO DE ESPERANÇA


Trago de Esperança.
Cláudia Duarte.


Trago que me traga o amor, pulmão se enche de ar
Para criar coragem e ouvir de você quero te amar!
Trago que alimenta a alma, traz a esperança a menina carente
A mulher inteligente, que esquece tudo e deseja cair no pecado aparente.

Trago que envenena, levando a desejos mais íntimos
Coração acelerado desejando que o corpo seja tocado.
Trago que deixa os lábios ressecados,
pedindo o beijo molhado do amado, que esta do outro lado.

Trago que acalma, que relaxa que tira a vergonha de me mostrar nua
Plácida pelo calor que vem entrar em meu corpo me fazendo ver
O alvorecer de cada dia ,mais feliz!

Trago que faz pensar e viver a imaginar um lual ao seu lado
E quando clarear, amar na areia branca de frente ao mar.
Trago que traz prazer, fechar os olhos brigar com o mundo,
Esquecer o límpido e entregar a devaneio puro.

Trago que mata aos poucos, escurece o corpo,
vai se apagando em um cinzeiro sem cor,deixando o cheiro das chamas,
até sumir no ar...
Esqueça esse trago de ilusão meu amor, venha tragar sua doce felina,
doce menina, o tempo tirou o escultural, mas deixou a formosura de mulher,
belo sorriso no ar, e o desejo de te amar!!!


Bjs
Cláudinha Duarte
BH 17/07/08




Publicado no Recanto das Letras em 17/07/2008
Código do texto: T1084647




A bela e talentosa poeta e escritora além de encantar com seus escritos a muitos, também é dona de uma demasiada beleza. Parabens querida amiga Claudia Duarte por nos encantar e nos alegrar com suas poesias... Poeta Francis Perot

Francis Perot com as mais belas frases de amor, romanticas e sensuais...